Documento Nacional de Identidade vai substituir CPF e título de eleitor

O presidente Michel Temer participou nesta segunda-feira (5) do lançamento do Documento Nacional de Identificação (DNI), que une por enquanto o CPF e o título de eleitor. Sancionado em 2017 por Temer, o projeto está ainda na versão piloto, ou seja, em fase de testes.

O novo documento será inicialmente usado apenas por servidores do Ministério do Planejamento e do Tribunal Superior Eleitoral. Eles poderão fazer o download do documento através do aplicativo disponível por Android e iOS e validar em postos que ficarão nos dois órgãos.