Advogados de Lula voltam a pedir a Moro para que ouça ex-advogado da Odebrecht

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltaram a insistir ao juiz federal Sérgio Moro para que seja marcada audiência com o ex-advogado da Odebrecht Rodrigo Tacla Duran, atualmente foragido na Espanha.

A defesa do petista quer que Duran seja ouvido no âmbito de incidente de falsidade em que questiona a idoneidade de documentos entregues pela construtora em seu acordo de delação. O advogado é denunciado três vezes na Lava Jato por operar propinas nos escândalos envolvendo contratos da Odebrecht com a Petrobras. Ele está foragido na Espanha. Duran tem afirmado que a Odebrecht apresentou documentos adulterados em sua delação premiada.