Pesquisador afirma que período com chuvas abaixo da média chegou ao fim

O pesquisador em Climatologia da cidade de Santa Cruz, Sertão da Paraíba, Ricardo César Alves de Andrade, disse esta semana que os seis anos com invernos irregulares e chuvas abaixo da média no semiárido nordestino chegará ao fim. Ele prevê chuvas fortes já no mês de janeiro de 2018.

Segundo as previsões do estudioso, depois de uma longa e dramática sequência de anos com precipitações escassas e irregulares, finalmente vai chover o suficiente para pôr fim à crise hídrica que assola o semiárido do Nordeste há seis anos.

A expectativa é que as chuvas cheguem fortes e abrangentes em todos os estados do Nordeste já no mês de janeiro em decorrência da atuação de sistemas meteorológicos de grande escala com o Vórtice Ciclone e a Zona de Convergência Intertropical.