Renato diz que Grêmio jogou de igual para igual, lamenta erro em gol, mas elogia Real: ‘Uma máquina, seleção’

Ao todo, foram 17 finalizações do Real Madrid contra apenas uma, errada, do Grêmio. Mesmo assim, logo após a derrota por 1 a 0 na decisão do Mundial de Clubes da Fifa, o técnico Renato Gaúcho fez questão de elogiar sua equipe neste sábado.

Em entrevista à TV Globo, Portaluppi ainda aproveitou para rasgar bons adjetivos ao esquadrão madrileno, que conquistou pela sexta vez em sua história o título intercontinental unificado.

“Jogamos de igual para igual. Mas é que do outro lado tem uma máquina, uma potência, uma seleção. Mesmo assim jogamos. Temos que sair de cabeça erguida”, comentou o treinador.

O único gol do jogo, marcado por Cristiano Ronaldo cobrando falta, aos 7 minutos do segundo tempo, apresentou uma falha na barreira, que abriu, e deixou com que a bola passasse por ela e enganasse o goleiro Marcelo Grohe.