Bombeiro baleado em São Gonçalo do Amarante sai do coma e responde a estímulos.

O soldado Alberto Aroldo Rodrigues saiu do coma induzido na UTI do Hospital Walfredo Gurgel em Natal, nesta segunda-feira (9), depois que os médicos reduziram a quantidade de remédios sedativos. Ele sofreu dois tiros na cabeça, durante um assalto na última terça (3), em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Uma bala ainda está alojada no crânio dele.

De acordo com familiares e colegas, Alberto ainda não abriu os olhos, mas responde a estimulos auditivos, fazendo sim ou não com sinais. Ele está entubado. O soldado também consegue mover os braços e as pernas. Segundo o presidente da Associação dos Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte, Dalchem Viana, essa era uma das principais preocupações, pois inicialmente ele não conseguia mover o lado direito.

“Os médicos agora vão avaliar os danos e a recuperação do cérebro. Eles não querem fazer uma nova cirurgia, porque a região é muito sensível”, ressalta. A vítima ainda tem uma bala e fragmentos de outro projétil e do próprio crânio alojados na cabeça.