Com morte de garoto de 15 anos no sábado, Parelhas tem 13 homicídios.

Com 13 homicídios registrados, 2017 se iguala a 2014 em número de morte violentas na cidade de Parelhas, Seridó do Rio Grande do Norte. O município vive praticamente da cultura ceramista.

A morte do jovem Hewerson Soares Santos, “Xananana” de 15 anos, ocorrida sábado, 07, mostra uma realidade cruel e complexa da sociedade local.  Com um forte aparato policial, Parelhas peca no fator social.

“A formação de um conselho municipal de segurança seria uma alternativa para apontarmos o caminho a ser seguido”, indaga o mediador da página Carcará, e os comentários seguem a opinião do autor.