Criança de seis anos morre em elevador de serviço em hospital de Fortaleza.

Um menino de seis anos morreu após ficar preso no elevador de um hospital infantil, na Avenida Francisco Sá, no início da tarde desta sexta-feira (29), em Fortaleza. A criança conseguiu chegar a uma área restrita e acionar o equipamento usado para transportar material hospitalar.

A avó, que acompanhava o menino, não viu o De acordo com o capitão do Corpo de Bombeiros, Chailon Fonteles, comandante de salvamento, a principal hipótese é de que a criança acionou o botão do elevador, ficando com a cabeça presa e o corpo suspenso. Ele estava no térreo no momento do acidente.

Segundo o capitão, o elevador em questão é usado para transportar material hospitalar e tem cerca de um metro. O equipamento não é de circulação e transporte de pessoas, e fica em área de acesso restrito a funcionários. "Aparentemente, é um local que não tem muito movimento, apenas de funcionários. Fica um pouco isolado, depois das centrais de oxigênio", explicou Fonteles.

Ainda conforme o capitão do Corpo de Bombeiros, os funcionários do hospital não souberam informar como a criança teve acesso ao local.

A imprensa entrou em contato com Luis Eugênio, diretor do Hospital Pronto Socorro Infantil (SOPAI), onde ocorreu o caso, por volta de 14h. Inicialmente, o diretor disse não saber do caso. Após confirmação do Corpo de Bombeiros, a reportagem procurou novamente o diretor, mas as ligações não foram atendidas.