Romário perde novamente processo contra Dunga.

A batalha judicial entre o senador Romário e seu ex-companheiro de quarto na seleção, Dunga, teve mais uma derrota para o Baixinho, após a Justiça negar o recurso do ex-atacante que pedia R$ 500 mil ao ex-treinador do Brasil.

No processo, Romário diz que Dunga “ofendeu sua honra” ao entrar com queixas contra o senador na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar do Senado e no Supremo Tribunal Federal (STF) após ter se sentido ofendido por falas de Romário.

Apesar de duas derrotas e de ter sido condenado a pagar R$ 55 mil em honorários, Romário ainda poderá recorrer mais uma vez.