O panificador Paulo Régis dos Santos, que atropelou e causou a morte de Silvania Batista de Araújo, em agosto de 2009, foi condenado hoje, terça-feira, 6 de dezembro, em julgamento popular ocorrido no Fórum Amaro Cavalcante, em Caicó. A pena a ser cumprida é de 4 anos, 5 meses e 10 dias, em regime semiaberto.

De acordo com o advogado Francisco das Chagas Medeiros, que defendeu o réu, a sentença será avaliada nos próximos cinco dias.

“Nós queremos saber se o nosso cliente e sua família querem que nós recorramos para que a pena seja diminuída, principalmente porque do nosso ponto de vista houve um aumento na pena além do que poderia ir. Caso entendamos que sim, então vamos ao Tribunal de Justiça”, afirma.

O réu ainda terá que pagar uma indenização a família da vítima no valor de 25 mil reais.

O promotor Geraldo Rufino de Araújo Júnior atuou na acusação do réu, enquanto o dr. Chiquinho trabalhou na defesa.

Relembre o caso:

O acidente aconteceu no dia 29 de agosto de 2005, por volta das 08 horas nas proximidades da Ponte Nova no Bairro Vila do Príncipe em Caicó.

O réu estava conduzindo um veículo Gol de cor azul e placas MMZ9350/RN, e totalmente embriagado conforme foi detectado. A vítima morreu no local do acidente.

Fonte: Sidney Silva